i

Notificar incidente

Estados-Membros da UE testaram ao longo da manhã a gestão rápida e eficaz de crises no ciberespaço

O CySOPEx 2021 decorreu hoje e testou pela primeira vez os procedimentos necessários para uma gestão rápida e eficaz de crises no ciberespaço dentro da União Europeia (UE), de forma a enfrentar ciberataques transfronteiriços em larga escala.

Trata-se do primeiro exercício da UE dirigido à recém-criada CyCLONe - Rede de Organização de Ligação para Crises do Ciberespaço da EU. Neste sentido, quando ocorre uma crise transfronteiriça no ciberespaço em larga escala, os contatos desta Rede ligam o nível técnico – Rede de CSIRTs, ao nível político, com o objetivo de apoiar a gestão coordenada desses incidentes e crises de cibersegurança, ao nível operacional. Desta forma, também é meta a cumprir a garantia do intercâmbio regular de informações entre os Estados-Membros e as instituições, organizações e agências da UE.

Os procedimentos testados visam permitir não só a troca rápida de informação, como também, uma cooperação eficaz entre as Organizações de Ligação para Crises no Ciberespaço (CyCLO) – ou seja, as autoridades competentes dos Estados-Membros dentro da CyCLONe, ao longo das linhas descritas como sendo de nível operacional do projeto.

Recorde-se que todos os Estados Membros e a Comissão Europeia participam neste Exercício, organizado por Portugal no âmbito da Presidência Portuguesa da União Europeia (PPUE).

Para João Alves, Coordenador no CNCS, o CySOPex 2021 “é um marco importante para a rede CyCLONe, reunindo os Estados-Membros, a ENISA e a Comissão Europeia para melhor preparar e coordenar os procedimentos necessários para uma resposta rápida em caso de incidente ou de crise transfronteiriça em larga escala no ciberespaço”. O Presidente do Cyclone, no âmbito da representação de Portugal na PPUE, reforça ainda que “os recentes eventos mostraram a importância de uma cooperação alinhada, e é neste sentido que o CySOPex refletiu o envolvimento de todos no presente e, acima de tudo, no futuro”.

Sobre a Rede Cyclone:
A rede CyCLONe foi criada em 2020 com vista a colmatar a necessidade de articulação entre o nível político e técnico (EU CSIRT Network) das redes de cooperação já estabelecidas na UE, permitindo, simultaneamente, estabelecer uma rede de cooperação operacional e troca de informação regular sobre gestão de crises cibernéticas entre as várias autoridades nacionais.